CoronaVoucher: Cadastro e Calendário do Auxílio Emergencial

O Governo Federal brasileiro criou em meio a pandemia do Coronavírus, o CoronaVoucher no valor de R$ 600,00, um auxílio emergencial que irá ajudar diversos cidadãos. Esse auxílio emergencial é pago a trabalhadores sem renda fixa, autônomos e informais. Em seguida, você pode ter mais informações sobre o CoronaVoucher, acompanhe!

CoronaVoucher

CoronaVoucher

Sobre o CoronaVoucher

Para auxiliar as famílias brasileiras que se encontram em situação vulnerável em meio ao Covid-19, o Governo Federal criou o CoronaVoucher. Esse auxílio emergencial é pago no valor de R$ 600,00 a uma determinada parcela da população, tendo como principal objetivo auxiliar o cidadão a enfrentar a crise criada pela pandemia do Coronavírus.

De acordo com a proposta do Governo, o CoronaVoucher será pago nos próximos três meses, mas caso o isolamento social continue, esse prazo pode ser prorrogado. De início, a equipe econômica do Governo propôs conceder R$ 200,00 aos trabalhadores. Mas, o Planalto concordou em passar esse valor para R$ 600,00.

A renda média salarial do cidadão será verificada através do Cadúnico para inscritos, e no caso de não inscritos, será por meio de autodeclaração em uma plataforma digital.

Quem tem direito ao CoronaVoucher?

Como mencionado anteriormente, o CoronaVoucher é pago aos trabalhadores sem renda, informais e autônomos. Mas, além disso, para receber o benefício é preciso se enquadrar em outros critérios, como:

  • Ter no mínimo 18 anos de idade;
  • Não ter emprego formal;
  • Possuir renda mensal familiar de até 1,5 salário mínimo ou renda máxima de três salários mínimos;
  • Não receber aposentadoria, benefício assistencial e de programa de transferência de renda e seguro desemprego. Não se enquadra nesse caso beneficiários do Bolsa Família;
  • Em 2018, não ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

Além dos critérios citados acima, o cidadão também deve seguir outras exigências para receber o auxílio emergencial. Confira quais são eles:

  • Ter inscrição de MEI (Microempreendedor individual);
  • Ser contribuinte facultativo do RGPS (Regime Geral de Previdência Social);
  • Estar inscrito no Cadastro Único;
  • Ser trabalhador informal;
  • Ter cumprido o requisito de renda média até 20 de março.

Valor do CoronaVoucher

O projeto do CoronaVoucher tem duração de pagamento de três meses, mas pode ter o prazo estendido até a epidemia durar. O auxílio emergencial paga àqueles que se enquadrarem nos requisitos o valor de R$ 600,00 e R$ 1.200,00 para mães responsáveis pelo sustento da família.

O CoronaVoucher permite o pagamento de até dois benefícios por família, sendo pago o valor máximo de R$ 1.200,00. Como já mencionado, as mães responsáveis pelo sustento da família, poderão receber duas cotas.

Como e Onde Sacar o Benefício?

O CoronaVoucher será pago através de poupança digita ou bancos públicos federais, como:

  • Caixa Econômica Federal e;
  • Banco do Brasil.

Os clientes desses bancos poderão receber o valor diretamente nas suas contas bancárias. Os correntistas e poupadores de outros bancos podem optar por transferir valores para suas contas sem taxa de cobrança de transferência.

✅ Com a ferramenta Consulta Cidadão, você pode saber se está cadastrado no Cadastro Único (CADÚNICO).

Por enquanto, o Governo Federal não definiu nenhum cronograma para pagamento de auxílio emergencial. Mas, segundo o presidente da Caixa Econômica Federal o calendário será baseado no utilizado para o saque imediato do FGTS.

Como e Onde Sacar o Benefício

Como e Onde Sacar o Benefício

Leave a Reply